domingo, 1 de maio de 2016

35 jeitos bem simples de praticar a espiritualidade no cotidiano


Compartilho esses 35 modos de praticar a espiritualidade no cotidiano, que uma colega italiana me passou. São dicas do site italiano de psicossintese. Como considero um verdadeiro achado de agradável leitura, resolvi traduzi-lo e publica-lo para que mais pessoas pudessem aproveitar dessas preciosas dicas.
 Considero a espiritualidade como uma forma de estar mais conectado com a nossa verdadeira natureza: interior e exterior. Com a nossa essência vital, que nos conduz à nossa ligação com o universo, à conexão mais profunda e autentica com a realidade que nos circunda. Não necessariamente religiosa.
Deste ponto de vista, cada nosso gesto, escolha, pensamento e ação podem ser realizados através de um comprometimento espiritual, ou seja, mais conectado com a natureza divina da experiência que é viver.

Confira os 35 jeitos simples e pouco convencionais de praticar a espiritualidade no cotidiano.


  1. Dar atenção para quem ta precisando.
  2. Perceber o despertar dos sentidos.
  3. Me perdoar cada vez que eu não lembro de mim.
  4. Cultivar as ações com cuidado e atenção.
  5. Dar um sentido ético e estético para minhas ações e meus pensamentos.
  6. Cuidar também das minhas fraquezas.
  7. Criar sorrisos.
  8. Cuidar de uma muda.
  9. Cuidar da beleza, encontrando-a nas ações cotidianas.
  10. Alargar o coração para torná-lo mais acolhedor.
  11. Dar mais atenção à escuta do que à fala.
  12. Levar as mãos ao coração para consolá-lo.
  13. Compartilhar as próprias realizações.
  14. Dar a mim e aos outros uma nova possibilidade.
  15. Relaxar todos os músculos contraídos.
  16. Deixar limpo os lugares por onde passo.
  17. Fazer uma carícia imaginária em todas as pessoas que eu encontro.
  18. Agradecer a um estranho por nos ter feito rir.
  19. Compartilhar com os outros as conquistas pessoais alcançadas.
  20. Trazer serenidade e alegria tanto fora como dentro de si.
  21. Escrever em um pedaço de papel: "Eu não te conheço, mas desejo que você seja feliz" e colocá-lo no pára-brisa do primeiro carro que eu encontrar.
  22. Dar o primeiro passo para uma grande mudança.
  23. Abençoar com pensamentos e palavras, as pessoas que encontrar.
  24. Amar as minhas emoções para aceita-las e dirigi-las, respeitando aos outros e a mim mesmo.
  25. Deixar me pegar de surpresa por uma árvore que está à espera de me surpreender.
  26. Reparar em coisas inusitadas.
  27. Ajudar incondicionalmente, sem querer nada em troca.
  28. Com simplicidade essencial, pensamentos leves e passos alados.
  29. Dar valor a tudo.
  30. Ver o outro como uma alma.
  31. Criar harmonia no lar.
  32. Ter olhos, ouvidos e toque, mesmo quando não é do meu agrado.
  33. Se render ao sofrimento para ver o que acontece.
  34. Ouvir o sofrimento meu e o dos outros, aceitando-os como realidade, para cuidar deles sem esconde-los.
  35. Olhar para o outro com olhos maravilhados e gratos
Por Isa Gama

Siga no instagram aqui.

5 comentários:

  1. Já me senti mais leve apenas lendo. Começo hoje! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Que legal Marinha! Era essa mesmo a intenção! beijos e tudo de bom!

      Excluir
  2. Isa,

    Conheci seu blog hoje e gostei desse post tão enriquecedor.

    Em relação ao item 2 "Perceber o despertar dos sentidos", gostaria de saber se conhece algum livro ou site bom sobre o assunto, pois já li vários textos sobre o assunto, mas muito superficiais.
    Gostaria de sugerir também um post sobre esse item e a criação de uma newsletter.

    Desejo muito sucesso com o blog!
    Rosana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosana! Obrigada pelo elogio! Adorei receber a sua mensagem! Eu já tenho uma newletter do meu blog Desenvolvimento Natural (pode se inscrever aqui: http://desenvolvimentonatural.com.br/signup).
      Parabens pelo seu blog! Achei bem interessante!
      Quanto ao livro sobre perceber o despertar dos sentidos, o melhor que eu conheço é o da minha mentora Marcella Danon "Ecopsicologia", mas só está em Italiano.
      Um abraco e muito obrigada pelos votos de sucesso!
      ate mais!
      Isa

      Excluir